São vários os casos de cheques especiais em que os nossos trabalhos periciais apuraram e provaram excessos de cobranças de encargos financeiros resultantes de métodos de cálculos abusivos (juros compostos) e de taxas de juros acima da média de mercado divulgadas pelo Banco Central do Brasil.

Pessoa física de Barra Bonita - SP manteve conta corrente vinculada com contrato de cheque especial junto a um banco comercial da cidade, durante seis anos e meio, tendo sido apurado por nós que, nesse período, a conta corrente operou com saldo médio negativo de R$12,7mil, tendo pago juros a uma taxa média de 12,28% a.m. Na continuidade dos trabalhos periciais financeiros, ficou apurada, demonstrada e provada a cobrança de R$135 mil em excessos de juros.

Sobre cada uma das cobranças mensais excedentes, a perícia atualizou monetariamente até a data do cálculo da sentença e, sobre os valores atualizados acrescentou juros de mora a partir da data da citação, tudo com base na decisão judicial e, tendo sido acrescentados mais encargos moratórios pelo período do cálculo da sentença até o efetivo pagamento pelo banco, o cliente foi reembolsado com o montante de R$ 508.905,46.

Conteúdo

Estamos Aqui para Ajudar!

comercial@upperdata.com.br

+55 14 3604-8060

Suporte Online:

Horário: 8:30 às 17:30
clique aqui